Retrospectiva 2010

Clique aqui e confira as matérias da HSM mais lidas do ano de 2010.

Anúncios

BSC Designer

Para quem implantou ou pretende implantar o Balanced Scorecard (BSC) em sua organização e não quer pagar por um software para fazer mensuração, controle e melhorias na Estratégia, sugiro o BSC Designer Light. Este aplicativo é freeware, ou seja, é de uso gratuito, e ajuda o gestor a acompanhar as metas que estabeleceu para cada um dos objetivos estratégicos. Clique na imagem abaixo, faça o download e teste.

Premissas e Restrições em Projetos

Muita gente, mesmo após um curso de gerenciamento de projetos, ainda fica com dúvida sobre a diferença entre premissa e restrição. Por este motivo, estou postando o vídeo abaixo, no qual Ricardo Vargas* explica com bastante clareza este assunto. Assim, espero que após assistí-lo, você não se atrapalhe mais na hora de identificar as premissas e as restrições do seu projeto.

*Ricardo Viana Vargas é especialista em  gerenciamento de projetos, portfólio e riscos. Foi o primeiro voluntário latino-americano a ser eleito para exercer a função de presidente do conselho diretor (Chairman) do Project Management Institute (PMI), maior organização do mundo voltada para a administração de projetos, com cerca de 500 mil membros e profissionais certificados em 175 países. Ricardo Vargas escreveu dez livros sobre gerenciamento de projetos, publicados em português e inglês, com mais de 200 mil exemplares vendidos mundialmente.

Acerte o Alvo!

Um dos grandes atributos de um líder é ter foco, pois isso reflete diretamente no desempenho e nos conseqüentes resultados da organização que ele dirige. Já acompanhei muitas empresas que desperdiçaram o grande potencial que possuíam por falta de foco. Uma hora o foco era X e, em pouco tempo, não era mais X, e sim Y. Tudo isso causa incerteza, clima de indefinição, insegurança na equipe, além de um grande desperdício de recursos financeiros.

Conheço empresários cujas empresas possuem planejamento estratégico, objetivos definidos e planos de ação detalhados, mas não têm foco no poderoso conteúdo que essas ferramentas trazem. Muitos líderes dispersam seu tempo e energia em coisas que não contribuem, não agregam valor nem trazem desenvolvimento ao seu negócio. Falta-lhes um filtro mental, o que só deixe passar aquilo que é prioridade para a concretização do que foi traçado. É como o navio que traçou seu objetivo, planejou sua rota e agora tem de seguir a bússola para se manter no rumo. Assim, por mais que existam lugares lindos a poucos quilômetros dessa rota, ele não se distrai e se mantém no rumo. Se o navio não seguir as informações da sua bússola nem mantiver o foco, provavelmente se perderá no mar e não chegará ao seu objetivo. Além disso, terá gasto tempo e recursos preciosos em vão.

O foco pode ter importância tanto em questões estratégicas (área de atuação, linha de produtos, segmentos de clientes, etc.) quanto em questões operacionais do dia a dia, ou seja, tarefas que têm de ser feitas. De nada adianta querer fazer tudo ao mesmo tempo, dividindo energia e atenção. Para ter sucesso, alcançar os objetivos, concretizar os planos e obter os resultados planejados, é necessário priorização, concentração de energia, inteligência e vontade, enfim, ter foco.

Excelência

O foco também é importante para que sejamos muito bons naquilo que fazemos, pois é bastante difícil e até impossível ser um especialista em vários assuntos ou áreas de atuação ao mesmo tempo. Nesse mercado competitivo em que vivemos, só os excelentes sobreviverão. Quem faz de tudo um pouco tende a ser apenas mediano em seu desempenho e competência. Assim, é preciso descobrir suas forças, talento e negócio principal e colocar nesse ponto toda dedicação e entusiasmo. Em uma empresa, o líder tem de estar alerta para manter toda a sua equipe dirigida para o que foi definido como foco. Para aumentar o desempenho e, assim, os resultados, é preciso:

  • Fazer reuniões no intuito de lembrar para onde todos devem dirigir seus esforços.
  • Estar presente no dia a dia da equipe, ressaltando sempre qual é o foco.
  • Fazer campanhas de endomarketing.
  • Colocar as pessoas certas no lugar certo.
  • Treinar essas pessoas.
  • Trabalhar em equipe na direção do foco eleito.

Assim, podemos dizer que, tanto numa empresa quanto na vida pessoal, temos de fazer um planejamento estratégico, definir objetivos, confeccionar um plano de ação e manter o foco em tudo isso. Se não houver tal foco, todo esse esforço será em vão. Aproveite este ano, siga esses passos e aumente sensivelmente seus resultados, pois não tenho dúvidas de que o foco é uma das principais razões de sucesso de um profissional ou de uma empresa. (Professor Heinz*)

*O Prof. Heinz tem 21 anos de experiência como profissional de RH, empresário, consultor e instrutor. Palestrante nas áreas de motivação, vendas e liderança, é diretor da Dinamikós Consultoria e Treinamento e autor do livro Atitudes de Resultado.

Visite o site: www.heinz.adm.br

E-mail: heinz@heinz.adm.br

Artigo originalmente publicado na REVISTA LIDERANÇA. Paraná: Curitiba, edição 63 – ano VI.

Um dos grandes atributos de um líder é ter foco, pois isso reflete diretamente no desempenho e nos conseqüentes resultados da organização que ele dirige. Já acompanhei muitas empresas que desperdiçaram o grande potencial que possuíam por falta de foco. Uma hora o foco era X e, em pouco tempo, não era mais X, e sim Y. Tudo isso causa incerteza, clima de indefinição, insegurança na equipe, além de um grande desperdício de recursos financeiros.

Conheço empresários cujas empresas possuem planejamento estratégico, objetivos definidos e planos de ação detalhados, mas não têm foco no poderoso conteúdo que essas ferramentas trazem. Muitos líderes dispersam seu tempo e energia em coisas que não contribuem, não agregam valor nem trazem desenvolvimento ao seu negócio. Falta-lhes um filtro mental, o que só deixe passar aquilo que é prioridade para a concretização do que foi traçado. É como o navio que traçou seu objetivo, planejou sua rota e agora tem de seguir a bússola para se manter no rumo. Assim, por mais que existam lugares lindos a poucos quilômetros dessa rota, ele não se distrai e se mantém no rumo. Se o navio não seguir as informações da sua bússola nem mantiver o foco, provavelmente se perderá no mar e não chegará ao seu objetivo. Além disso, terá gasto tempo e recursos preciosos em vão.

O foco pode ter importância tanto em questões estratégicas (área de atuação, linha de produtos, segmentos de clientes, etc.) quanto em questões operacionais do dia a dia, ou seja, tarefas que têm de ser feitas. De nada adianta querer fazer tudo ao mesmo tempo, dividindo energia e atenção. Para ter sucesso, alcançar os objetivos, concretizar os planos e obter os resultados planejados, é necessário priorização, concentração de energia, inteligência e vontade, enfim, ter foco.

Excelência

O foco também é importante para que sejamos muito bons naquilo que fazemos, pois é bastante difícil e até impossível ser um especialista em vários assuntos ou áreas de atuação ao mesmo tempo. Nesse mercado competitivo em que vivemos, só os excelentes sobreviverão. Quem faz de tudo um pouco tende a ser apenas mediano em seu desempenho e competência. Assim, é preciso descobrir suas forças, talento e negócio principal e colocar nesse ponto toda dedicação e entusiasmo. Em uma empresa, o líder tem de estar alerta para manter toda a sua equipe dirigida para o que foi definido como foco. Para aumentar o desempenho e, assim, os resultados, é preciso:

· Fazer reuniões no intuito de lembrar para onde todos devem dirigir seus esforços.

· Estar presente no dia a dia da equipe, ressaltando sempre qual é o foco.

· Fazer campanhas de endomarketing.

· Colocar as pessoas certas no lugar certo.

· Treinar essas pessoas.

· Trabalhar em equipe na direção do foco eleito.

Assim, podemos dizer que, tanto numa empresa quanto na vida pessoal, temos de fazer um planejamento estratégico, definir objetivos, confeccionar um plano de ação e manter o foco em tudo isso. Se não houver tal foco, todo esse esforço será em vão. Aproveite este ano, siga esses passos e aumente sensivelmente seus resultados, pois não tenho dúvidas de que o foco é uma das principais razões de sucesso de um profissional ou de uma empresa.

Prof. Heinz tem 21 anos de experiência como profissional de RH, empresário, consultor e instrutor. Palestrante nas áreas de motivação, vendas e liderança, é diretor da Dinamikós Consultoria e Treinamento e autor do livro Atitudes de Resultado.

Visite o site: http://www.heinz.adm.br

E-mail: heinz@heinz.adm.br

Artigo originalmente publicado na

REVISTA LIDERANÇA. Paraná: Curitiba,

edição 63 – ano VI.

A Estratégia do Oceano Azul

Há alguns meses atrás, descobri no Youtube, uma animação muito bem feita (que posto logo abaixo do texto) com um resumo dos principais pontos do livro “A Estratégia do Oceano Azul”, de W. Chan Kim e Renée Mauborgne. A obra trata sobre uma nova maneira de pensar a Estratégia de uma organização, buscando a criação de mercados ainda não explorados pela concorrência, que os autores os chamam, metaforicamente, de “Oceanos Azuis”, ao invés de viver na disputa acirrada dos mercados considerados como “Oceanos Vermelhos”, tipificando as lutas sangrentas entre seus competidores.

Podemos resumir os objetivos da Estratégia do Oceano Azul em dois:

  • Tornar a concorrência irrelevante através da exploração de novos espaços de mercado
  • Proporcionar ao mesmo tempo diferenciação e baixo custo

Agora, quer saber mais? Além de assistir o vídeo, não deixe de ler o livro. Vale muito a pena.